Beleza francesa: filme reúne divas do cinema

Cinema na Madrugada Outros

O CINEMA NA MADRUGADA II traz neste sábado(27), às 02h40, o filme “Viva Maria!”, um clássico. Que será exibido com som original e legendas.

O filme, é francês, com co-produção norte-americana e tem a maioria de suas cenas filmadas em locações no México. Na história, duas mulheres passam por celebridades locais a revolucionarias socialistas.

Vivendo uma das protagonistas está Brigitte Bardot. Ícone de popularidade na década de 60, ela foi eleita pela revista americana “Time”, um dos cem nomes mais influentes da história da moda.

BB, iniciais que ficaram como marca registrada da atriz, foi um sucesso mundial e uma das poucas atrizes não americanas que recebeu atenção da imprensa nos Estados Unidos. Sua vida privada era conturbada, vivia perseguida por paparazzi e seus filmes levavam multidões para o cinema. Nas telas, além do cartaz da Band, Brigitte estrelou grandes produções como “E Deus Criou a Mulher”, “Amar é Minha Profissão”, “A Verdade” , “O Desprezo” e muitos outros.

Quando encerrou a carreira de atriz, a francesa ganhou repercussão com a luta pelos direitos dos animais. Que ela segue praticando até hoje.

No elenco de “Viva Maria!” também está outra diva francesa, Jeanne Moreau. A atriz recebeu, em 1960 o prêmio de melhor atriz do Festival de Cannes e foi a primeira atriz não norte-americana a aparecer na capa da ”Time”.

Moreau é um eterno ícone da revolução sexual, graças a filmes cultuados como “Os amantes” e “Jules e Jim — Uma Mulher para Dois” . Sua ligação com o Brasil é permanente. Ela está sempre atenta ao movimento politico e cultural por aqui, onde fez grandes amigos nos anos 1970 quando filmou “Joanna Francesa”, com Cacá Diegues, em Alagoas. Voltou em 2009, para o Festival do Rio.

O filme “Viva Maria!” é o cartaz do CINEMA DA MADRUGADA II deste sábado (27), às 02h40. Confira a sinopse.

VIVA MARIA!
(Viva Maria!)

Aventura, 1965, França, 117’, 16 anos/23 horas. Direção: Louis Malle. Elenco: Brigitte Bardot, Jeanne Moreau, George Hamilton, Claudio Brook, Paulette Dubost.
Em algum lugar na América Latina, em 1907, Maria II, a filha de um terrorista Irlandês, conhece Maria I, uma cantora de circo. Juntas, elas inventam um número de canto e se tornam celebridades locais. Por acaso, elas conhecem um líder revolucionário socialista. Quando Maria I se apaixona por ele, as duas acabam se envolvendo em uma revolução contra o ditador local, a igreja e o capitalismo.

Com som original e legendas

Horário de Brasília

Deixe o seu comentário

Veja aqui a programao da TV